História e identidade do IBG

 

A História do IBG

 

O Instituto Brasileiro de Geobiologia, Biologia da Construção e Arte Zahorí (IBG) é uma entidade sem fins lucrativos, fundada em 2005 como um processo natural de desenvolvimento das atividades de divulgação da geobiologia promovidas por seu fundador, Allan Lopes Pires.

O motivo de sua fundação foi a necessidade em divulgar dar respaldo e implementar os estudos de Geobiologia nos meios acadêmicos e sociais, o que se torna efetivo no ano de 2005 com a união de pessoas compromissadas com o tema.

O IBG, desde o início de suas atividades, vem desenvolvendo junto a pessoas físicas e jurídicas, empresas, residências e universidades, a realização de diversos eventos no Brasil. O Instituto financiou 4 eventos que trouxeram palestrantes estrangeiros para ministrar cursos no Brasil, promoveu a viagem de 60 alunos à Europa a fim de que se aprofundassem nos estudos de geobiologia. O IBG é responsável pela organização do I Congresso de Geobiologia e Biologia da Construção em setembro de 2006. Apoio e patrocínios a obras literárias e teses de graduação e pós-graduação sobre temas voltados à geobiologia fazem parte de nossa rotina. O IBG já oportunizou à homens e mulheres de baixa renda a oportunidade de qualificarem para o mercado de trabalho através do seu programa de formação e qualificação profissional fundamentado na sustentabilidade: O Trabalhador Sustentável e o Estudante Sustentável e apoia ativamente a campanha "Vamos plantar um milhão de árvores".  (Leia mais em projetos e ações).

 

Missão

Nossa missão é difundir a informação e conhecimento acerca dos conteúdos de geobiologia, Biologia da Construção e Arte Zahorí, gerando valor para a sociedade e colaborando para a criação de uma consciência crítica, sustentável e ecológica.

Visão de mundo

 

Até 2020, ser a principal instituição de referência em estudos de geobiologia, biologia da construção e Arte Zahorí da América Latina e também como mediador de solução para a promoção da qualidade de vida através de ações que visam ecologia e sustentabilidade.   
 
Nosso trabalho
 
Criar e implementar atividades de ensino e ações acadêmicas e sociais que promovam a Geobiologia, a Biologia da Construção e a Arte Zahorí, bem como a defesa, preservação e conservação do meio ambiente, a promoção do desenvolvimento sustentável através de ações de assistência social e a defesa dos direitos fundamentais da criança e do adolescente.

Crenças
 
O IBG acredita que promover a difusão de conhecimentos e técnicas a respeito da Geobiologia, Biologia da Construção e Arte Zahorí configura-se numa valiosa contribuição para a melhoria da saúde e do desenvolvimento integral do ser hu-mano e sua integração com planeta.

 
O IBG e o cenário global.
 
Mundialmente, os países onde a Geobiologia encontra expressão na sociedade, co-mo Alemanha, Espanha e França, possuem institutos nacionais que agregam e organizam as atividades e os parâmetros dos assuntos relacionados à Habitação Saudável. No Brasil o IBG ocupa uma posição de pioneirismo e inovação.